IMG_1785

Ato político marca posse da direção do Sindicato dos Metalúrgicos de BH/Contagem

Tomou posse, no sábado, 11 de julho de 2015, a nova diretoria do sindicato dos metalúrgicos de BH/Contagem e região, eleita com 70% dos votos da categoria, em eleição realizada nos dias 5, 6 e 7 de maio.

A solenidade foi realizada na sede do sindicato e contou com a participação de lideranças do mundo político, sindical e do trabalho, além dos familiares e amigos dos dirigentes.

Reeleita para o segundo mandato, que tem duração até 2019, a direção do sindicato, presidida por Geraldo Valgas, recebeu mais de dois mil e trezentos votos. Esses números demonstram a confiança e o reconhecimento dos metalúrgicos no trabalho que vem sendo construído desde 2011.

Entretanto, esse reconhecimento imputa ao sindicato uma grande responsabilidade em representar e defender os interesses dos metalúrgicos, principalmente na atual conjuntura política e econômica vivida pelo país.

“Os metalúrgicos de BH/Contagem não vão permitir a retirada de direitos dos trabalhadores. É importante os trabalhadores ficarem lado a lado com o sindicato, seja no chão de fábrica, no bairro, na Igreja para juntos enfrentar essa situação em que estamos passando”, disse Geraldo Valgas.

“Esse momento pelo qual o país se encontra, e que tem refletido diretamente no ramo metalúrgicos, está sendo encarado por nós, metalúrgicos cutistas, com muita seriedade. Esse é o momento de irmos para a rua fazer a luta em defesa de cada trabalhador e sermos propositivos”, pronunciou José Wagner, presidente da FEM/CUT-MG.

Paulo Cayres, presidente da CNM/CUT, fez um discurso inflamado em defesa dos direitos dos trabalhadores, com destaque para os petroleiros e os professores. Paulão ressaltou também os avanços conquistados durante os governos do PT e reafirmou a luta em prol da democracia e contra o golpe orquestrado pela direita e pela mídia do país.

Comentários foram encerrados.