Metro-BH

Audiência pública vai debater situação do Metrô de Belo Horizonte

O deputado estadual Paulo Lamac conseguiu a aprovação de uma audiência pública sobre o Metrô de Belo Horizonte na Comissão de Assuntos Municipais. A sessão será às 14 horas do dia 28 de abril. Metroviários e metroviárias prometem lotar a Assembleia Legislativa de Minas Gerais (ALMG). É mais um momento da luta da categoria contra a estadualização e a privatização do Metrô de BH.

No dia 19 de março, metroviários e metroviárias paralisaram as atividades por 24 horas, para protestar contra o projeto de parceria público privada do Metrô da capital mineira e a privatização e para exigir informações sobre o destino de trabalhadores e trabalhadoras. Eles saíram em passeata em direção à Procuradoria Regional do Trabalho. Lá, em ato público, aguardaram o resultado da terceira audiência pública entre os dirigentes do Sindicato dos Empregados em Empresas de Transportes Metroviários e Conexos de Minas Gerais (Sindimetro-MG), representantes da Companhia Brasileira de Trens Urbanos (CBUT) e da Metrominas. Representantes da CBTU negaram conhecer iniciativas que visem a privatização do metrô de Belo Horizonte. Depois da audiência, a categoria realizou assembleia em frente à Procuradoria e decidiram retornar às atividades no dia seguinte.

De acordo com a presidente do Sindimetro-MG, Alda Lúcia Fernandes Santos, a CBTU e a Metrominas, nas audiências anteriores, não deram qualquer informação e o Sindicato, muito menos, foi chamado para participar das negociações a respeito do projeto de PPP.

Comentários foram encerrados.