desmonte previdencia

CENTRAIS CONVOCAM GREVE GERAL CONTRA REFORMA DA PREVIDÊNCIA

Principais centrais sindicais do País decidiram em reunião nesta sexta-feira, 24, deflagrar uma greve nacional a partir do dia 5 de dezembro, contra a reforma da Previdência proposta pelo governo de Michel Temer; além de paralisações em todas as capitais, dirigentes da CUT, CTB, CSB, CSP, UGT, Força Sindical, Intersindical e Nova Central, que participaram da reunião, prometem fazer campanha nas redes sociais para “desmascarar as mentiras do governo acerca da reforma”, pressão nos deputados federais nos aeroportos e agendas públicas dos deputados e assembleias com as categorias; em artigo, o presidente da CUT, Vagner Freitas, já avisou que se “se mexerem na Previdência, o Brasil vai parar”; “Duvidem disso e nos aguardem!”, diz Freitas

Comentários foram encerrados.