cut terceirização

CUT propõe greve geral contra terceirização

A CUT (Central Única dos Trabalhadores) propõe realizar uma greve geral no país a partir da semana que vem caso o projeto de lei que regulamenta a terceirização no país seja aprovado.

Após manifestação de ontem, em frente ao Congresso, que terminou em conflito com a polícia, o presidente da Câmara, deputado Eduardo Cunha (PMDB-RJ), marcou sessão extraordinária para a manhã desta quarta-feira (8) a fim de discutir e debater o projeto.

“Vamos fazer atividades de rua e paralisação para impedir [a votação]. Vamos transformar essas empresas [que apoiarem a terceirização] num inferno”, disse o presidente nacional da central, Wagner Freitas.

Caso o texto seja aprovado, ele diz que a CUT deverá convocar para uma greve geral a partir da quinta-feira da semana que vem (16).

“Vamos divulgar o nome dos deputados [que votarem a favor do texto] para pressionar.”

Comentários foram encerrados.