estudo

Estudo do Dieese indica retomada do setor de autopeças

Em virtude do maior número de dias trabalhados no segundo semestre em relação ao primeiro, espera-se uma retomada na produção de autopeças. Também é esperado que estímulos do Governo Federal ao crédito possam refletir na melhoria das vendas e na produção do setor.

O crescimento de 8,5% na fabricação de veículos automotores no mês de julho 2014 em relação ao mês anterior, de acordo com a PIM-PF do IBGE, pode indicar uma retomada da produção, mesmo que a projeção do setor para o ano ainda continue negativa.

Um dado importante e que terá impactos positivos para o setor de autopeças nacional foi a publicação do decreto do governo, no mês de agosto 2014, no âmbito do regime INOVAR-AUTO, que tem por objetivo regulamentar o consumo de autopeças pelas montadoras. A rastreabilidade tende a fortalecer a cadeia automotiva nacional, pois será possível calcular o quanto de peças nacionais as montadoras estão comprando.

Pelas regras do regime Inovar Auto, quanto maior o consumo de peças locais, maior é o aumento no abatimento do IPI, nos carros vendidos.

Veja o estudo completo do Dieese aqui

 

Comentários foram encerrados.