siderurgia

Explosão causa a morte de um metalúrgico em Divinópolis

Infelizmente a falta de segurança e condições de trabalho adequada dentro de uma siderúrgica fez mais uma vítima fatal. Felipe Augusto dos Santos, 25 anos, morreu e Paulo César Borges, 47 ficou ferido por causa de uma explosão numa metalúrgica em Divinópolis, na região Centro-Oeste de Minas, nesta quinta-feira (22).

Quando os sindicatos filiados a CUT lutam por melhores condições no local de trabalho é para que esse tipo de registro seja extinto. Porém, várias empresas insistem em desrespeitar determinações e leis, visando com isto economizar as custas da segurança do trabalhador.

Os trabalhadores têm que denunciar ao sindicato ou ao Ministério do Trabalho quando for constatado alguma situação de risco dentro das empresas. Não se pode permitir que uma família seja destruída para se tomar alguma atitude de prevenção.

A conscientização do trabalhador e a luta são fundamentais para que as melhorias sejam realizadas. O empresário busca a economia em tudo com o objetivo de melhorar seu lucro. Se o trabalhador ficar esperando de braços cruzados alguma atitude espontânea por parte do patrão, irá conviver constantemente com notícias de acidentes e mortes no chão de fábrica.

Comentários foram encerrados.