_mg_3033

Fechamento da campanha salarial unificada 2016/2017

A comissão que representa os trabalhadores nas negociações da Campanha Salarial Unificada 2016/2017 dos metalúrgicos de Minas conseguiu que sua proposta de reajuste fosse aprovada na assembleia da Federação das Indústrias de Minas Gerais (FIEMG), realizada nessa quinta-feira, 17 de novembro.

Os sindicatos dos trabalhadores vão levar para assembleia com os metalúrgicos (as) a proposta de reajuste salarial de 9% parcelado em três vezes, para quem recebe acima do piso até R$ 6.224,00, e duas vezes para quem ganha o piso.

Depois de vários debates sobre a forma que seria pago o reajuste, o parcelamento que os trabalhadores entenderam ser menos prejudicial para a categoria ficou definido da seguinte forma: para quem ganha acima do piso, 6% retroativo a outubro de 2016, data base dos metalúrgicos, 2% em fevereiro de 2017 e 1% em abril de 2017. Quem ganha o piso, 6% em outubro e 3% em fevereiro.

O acordo garante abono de R$ 450,00, exceto para as empresas que têm PLR, que será pago junto com o salário de fevereiro. Também ficou definido a garantia de emprego de 30 dias contados a partir da assinatura do acordo e manutenção das demais clausulas sociais.

Foi mantido o acordo de compensação de jornada positivo e negativo, que terá vigência até 28 de fevereiro de 2018.

Comentários foram encerrados.