montadora

Indústria automotiva nacional registra crescimento. Emprego no setor em Minas permanece negativo

Estudo realizado pelo Dieese, subseção FEM/CUT-MG, mostra que nos primeiros oito meses de 2017 a indústria automotiva brasileira (automóveis, comerciais leves, caminhões e ônibus), registrou um crescimento de 25,5%, se comparado com o mesmo período do ano passado. Nesse período foram produzidos 1,74 milhões de unidades.

Emprego

Na movimentação do emprego na indústria automobilística nacional, considerando somente as montadoras, observou-se um saldo positivo de 268 postos de trabalho no período de janeiro a agosto de 2017. No Estado de Minas Gerais, o saldo permanece negativo no mesmo período, em 1.542 postos de trabalho.

Veja o estudo completo aqui

Comentários foram encerrados.