Participantes do encontro. Crédito: Yolanda Moretto - CNM/CUT

Metalúrgicos vão fiscalizar implantação de etapas do Inovar-Auto nas empresas

Encontro organizado pela CNM/CUT discutiu desdobramentos do programa e também plano de ação conjunta dos (as) trabalhadores (as) do setor automotivo.
 
Participantes do encontro. Crédito: Yolanda Moretto - CNM/CUT

Participantes do encontro. Crédito: Yolanda Moretto – CNM/CUT

Cumprindo mais uma etapa de seu plano de organização sindical setorial, a Confederação Nacional dos Metalúrgicos da CUT (CNM/CUT) realizou entre terça-feira e hoje (8 a 10) o Encontro Nacional de Formaçãosobre o Programa Inovar-Auto.

O encontro reuniu dirigentes cutistas de sindicatos que têm montadoras e empresas de autopeças em suas bases para, durante os três dias de atividade, debater o Programa Inovar-Auto e as possibilidades e alternativas de ação das entidades e dos comitês sindicais de empresa (onde houver).

Além disso, os participantes puderam aprofundar o conhecimento sobre a inserção do Plano Brasil Maior napolítica industrial brasileira. “Os trabalhadores participam dos Conselhos de Competitividade do Plano Brasil Maior e foi nesses conselhos que fizemos propostas para o Inovar-Auto”, lembrou João Cayres, secretário geral e de Relações Internacionais da CNM/CUT e responsável pela organização nacional dos trabalhadores no setor automotivo.

Encontro avaliou também a política industrial. Crédito: Yolanda Moretto - CNM/CUT

Encontro avaliou também a política industrial.
Crédito: Yolanda Moretto – CNM/CUT

O aprofundamento da organização setorial da categoria foi definido na Plenária Estatutária da CNM/CUT, realizada em junho último, e os encontros formativos – como este do Inovar-Auto – integram o calendário de ações.

A partir dos relatos e das experiências de cada base sindical, os participantes reforçaram a importância de os metalúrgicos do setor buscarem uma ação unitária para garantir direitos e ampliar conquistas. “Cada empresa e até mesmo grupos de empresas têm uma estratégia de atuação unitária. E os trabalhadores também devem ter”, destacou o presidente da CNM/CUT, Paulo Cayres, que integra o Conselho da Agência Brasileira de Desenvolvimento Industrial (ABDI)como representante da bancada dos trabalhadores.

Encontro sistematizou plano de ação.  Crédito: Yolanda Moretto - CNM/CUT

Encontro sistematizou plano de ação. Crédito: Yolanda Moretto – CNM/CUT

Os participantes entregaram para Paulo Cayres o plano de ação discutido no encontro, para contribuir com a atuação do dirigente na ABDI.

Ainda como deliberação do encontro, os sindicalistas resolveram levar informações sobre o Inovar-Auto para o chão das fábricas – envolvendo os Comitês Sindicais de Empresa (onde houver) – para acompanhar a aplicação do programa pelas montadoras e também para discutir ações comuns dos trabalhadores do setor.

Estiveram presentes representantes das bases sindicais de Taubaté e Sorocaba (SP), Belo Horizonte/Contagem e Juiz de Fora (MG), Joinville (SC) e Porto Alegre (RS).

O próximo encontro setorial da CNM/CUT será o de Bens de Capital e Máquinas Agrícolas, que acontecerá nos dias 5 e 6 de novembro.

Autor (a): Solange do Espírito Santo, assessoria de imprensa da CNM/CUT

Fonte: www.cnmcut.org.br

Comentários foram encerrados.