reforma politica

País está em campanha pela Reforma Política

Apesar das enumeras conquistas e avanços ocorridos no Brasil, o país carece de muitas transformações. Exemplo do que precisa mudar é o processo eleitoral. Para que essa mudança aconteça será preciso a participação de todos para criar um projeto de iniciativa popular para tratar da reforma política.

Será necessária a coleta de 1,5 milhão de assinaturas para propor ao Congresso Nacional um projeto de iniciativa popular para a realização de uma Assembleia Nacional Constituinte exclusiva, como forma de permitir ao País condições de discutir e votar a reforma sem, no entanto, atrapalhar o dia-a-dia do Poder Legislativo.

A proposta trata, entre outros, da criação do financiamento público das campanhas eleitorais, eliminando qualquer forma de financiamento, sobretudo, o empresarial privado. Com a medida será possível equilibrar o processo eleitoral e criar um ambiente mais justo e democrático durante as eleições.

Além disso, defende a implantação do voto em lista pré-ordenada, para fortalecer os partidos e transformá-los nos principais protagonistas do debate político-eleitoral. A medida é fundamental para a democracia, já que estão no centro do debate democrático e têm capacidade de agregar em torno de si todas as discussões relativas aos movimentos populares.

A resolução aborda, ainda, o aumento da participação feminina no poder, principalmente no que diz respeito à representação parlamentar. Já que as mulheres são maioria no País, nada mais justo do que incluí-las no governo.

Participe ativamente da Campanha de Coleta de Assinaturas no Projeto de Lei de Iniciativa Popular: crie o Comitê Municipal, solicite os formulários, colete as assinaturas.

Seja um multiplicador da campanha da reforma política em seu município. Envie seus dados para receber os materiais e o formulário de coleta de assinaturas.

Caso deseje mais informações acesse:

http://www.reformapoliticademocratica.org.br/?page_id=381

Comentários foram encerrados.