pib

R$ 213 milhões serão injetados na economia do mineira com reajuste salarial dos metalúrgicos da FEM/CUT-MG

O aumento salarial para os metalúrgicos da base da FEM-CUT/MG de 7,00% para empresas com mais de 50 empregados e de 6,80% para empresas com até 50 trabalhadores vai injetar na economia de Minas Gerais estimadamente R$ 213 milhões.

O valor é estimado tendo em vista que alguns sindicatos da base da FEM-CUT/MG fazem negociação em separado e ainda estão em campanha salarial, portanto, os reajustes mencionados não são atribuídos para toda base. No entanto, ao aplicar um reajuste médio de 7,00%, para os trabalhadores da base da Federação, em torno de 104 mil trabalhadores segundo dados da RAIS/CAGED até setembro de 2014, estima-se uma injeção de R$ 213 milhões na economia do Estado para os próximos 12 meses.

Confira o estudo do DIEESE sobre este tema

Comentários foram encerrados.