sind extrema

Sindicato de Extrema e CNM/CUT promovem curso para formação de cipeiros

O Sindicato dos Metalúrgicos de Extrema e Região, em parceria com a Confederação Nacional dos Metalúrgicos da CUT (CNM/CUT), realizou nessa sexta-feira (8), o 2º Encontro de Cipeiros de Extrema. O curso de formação foi realizado na sede do sindicato e reuniu 35 cipeiros – trabalhadores que participam das CIPAs (Comissões Internas de Prevenção de Acidentes) em empresas metalúrgicas da região.

A atividade é o resultado de uma conquista da Convenção Coletiva da Federação dos Metalúrgicos da CUT de Minas Gerais, que garante um dia por ano de formação para os cipeiros.

O curso, que também faz parte das ações da Secretaria de Formação da CNM/CUT, é baseado na cartilha da Confederação, que traz orientações aos trabalhadores sobre a organização da CIPA em suas atividades diárias no chão da fábrica e nos Sindicatos.

Segundo a secretária de Formação da CNM/CUT, Michele Ciciliato, que moderou a atividade, o curso tem o intuito de conscientizar sobre a responsabilidade de ser um cipeiro. “No debate, reforçamos a importância da representação e do papel do cipeiro. É necessário orientá-los sobre como atuar de forma combativa junto dos demais trabalhadores para a prevenção de doenças e acidentes de trabalho”, falou.

O grupo também participou da oficina do projeto Vida Viva, que traz uma abordagem da relação entre a vida, saúde e trabalho. “O objetivo foi provocar a reflexão dos trabalhadores sobre as consequências do trabalho para a saúde. E também no impacto dos acidentes, doenças ocupacionais e riscos no local de trabalho”, explicou a secretária.

Comentários foram encerrados.