dia do trabalhador pouso alegre

Sindicatos ligados a FEM/CUT-MG celebram dia do trabalhador pelo Estado

O dia do trabalhador foi celebrado por vários sindicatos de metalúrgicos por todo o Estado de Minas. Os eventos foram palco de debates e discursos voltados para alertar os trabalhadores sobre o que vai representar as reformas em tramitação no Congresso e no Senado.

Em Contagem, foi realizada a 41ª Missa dos trabalhadores. Milhares de fieis lotaram a Praça da Cemig. O Sindicato dos Metalúrgicos de BH/Contagem protestou contra a reforma trabalhista, da previdência e contra a terceirização através de faixas espalhadas pelo local.

“A classe trabalhadora está sendo atacada. Conquistas duramente alcançadas estão sendo caçadas. O golpe agora é contra cada trabalhador e trabalhadora. Estão jogando nas nossas costas a conta do afastamento da presidenta Dilma. Essa é a hora de nos unirmos e lutar contra a retirada de direitos imposta pela reforma trabalhista e da previdência”, discursou Marco Antônio, presidente da FEM/CUT-MG.

Em João Monlevade, o dia 1º de maio foi comemorado junto com a posse da nova direção do sindicato. Otacílio das Neves Coelho foi reeleito para a gestão 2017-2020. Durante o evento foi realizado um debate sobre as reformas da Previdência Social, trabalhista e do ensino médio, com representante do Departamento Intersindical de Estatísticas e Estudos socioeconômicos (Dieese).

sind pouso alegreEm Pouso Alegre, uma grande festa marcou as comemorações pelo dia do trabalhador. Música ao vivo, sorteio de prêmios, área de lazer para as crianças, comidas e bebidas e muita gente bonita fizeram parte da tradicional celebração.

Em Juiz de Fora, Timóteo, Varginha, Matozinhos, Alfenas, Cambuí, Extrema, Santa Luzia e Vespasiano atos de rua junto aos trabalhadores e a população em geral marcou o dia 1º de maio.

Comentários foram encerrados.