abertura

VI CONGRESSO DA FEM ELEGE DIRETORIA PARA MANDATO 2021/2025

O VI Congresso Estadual Ordinário da Federação Estadual dos Metalúrgicos da CUT de Minas Gerais (FEM/CUT-MG), realizado nos dias 07 e 08 de maio de 2021, elegeu a nova direção da entidade para o mandato que vai até 2025.

O Congresso, que teve como eixo Saúde, Emprego, Democracia e Fora Bolsonaro, foi realizado de forma virtual, através da plataforma Zoom e contou com a participação de mais de 80 pessoas, entre dirigentes sindicais e lideranças políticas e sociais.

Marco Antônio de Jesus foi reeleito presidente da FEM. No seu discurso, ele relembrou das dificuldades enfrentadas e as conquistas alcançadas durante o primeiro mandato.

“Iniciamos o primeiro mandato em meio ao cenário de golpe contra a presidenta Dilma. Depois dele veio a reforma trabalhista que, além de retirar direitos, acabou com a principal fonte de financiamento da luta dos sindicatos”.

“Em 2020, no início da pandemia da Covid-19, juntamente com as federações da CTB e da Força Sindical, conseguimos construir uma convenção coletiva, que chamamos de convenção “Guarda-chuva”, com cláusulas que asseguraram direitos durante os acordos de suspenção e redução do contrato de trabalho e ampliaram a proteção a segurança e a saúde dos trabalhadores no chão de fábrica”.

“Na construção da nova Convenção Coletiva de Trabalho (CCT 2021/2022) vamos trabalhar para manter e ampliar direitos duramente conquistados, principalmente relacionados a questão da pandemia”, disse Marco Antônio.

Comentários foram encerrados.